Postagens

Mostrando postagens de Dezembro, 2020

I3DCast: O ano em que a Terra parou

  O ano de 2020 tinha uma grande possibilidade para o mercado de impressão 3D em todas suas ramificações, leis como Rota2030 que aceleram o desenvolvimento do setor automotivo, a BNCC, Base Nacional Comum Curricular, para o setor educacional, o barateamento de opções para usuários domésticos de impressoras importadas chinesas, que exigiria mais dos fabricantes nacionais, a entregarem algo melhor e mais barato que seus produtos atuais, mas então, veio a pandemia. Falando de usuários domésticos, os volumes foram impactados pela alta do dólar, o fechamento de fronteiras e as dificuldades logísticas de comércio fechado local e insegurança referente ao emprego do comprador, estes são números baseados nos NCMs mais comuns utilizados, e foram extraídos do site do governo federal: 2016 - 10.995 unidades 2017 - 17.635 unidades 2018 - 21.639 unidades 2019 - 42.033 unidade 2020 - 09.961 unidades (YTD NCM são complicados, são grande categorias de produtos, numa convenção que é válida para o merc

Aula 1: Fundamentos do MakerBot Print

Imagem
Nesta primeira aula veremos a interface do fatiador da makerBot, o MakerBot Print, e o processo guiado de adicionar uma peça, salvar um projeto e avaliar a simulação da impressão. 0:00 Interface 0:20 Menu File 1:15 Settings do Software 4:04 Adicionando uma impressora 3D 5:50 Adicionar um arquivo 3D 7:35 Printing Settings 11:00 Arranjar os objetos na bandeja e/ou no projeto 12:44 Lidando com diversas bandejas num projeto 14:40 Escalas 17:00 Pré visualizar a impressão (consumo e tempo estimado) 20:00 Formatos de exportação e de abertura no software 21:30 Menus da direita da tela

Aula 2 Contornos, Camadas e Preenchimento

Imagem
Aula 2 de MakerBot Print: Contornos, Camadas e Preenchimento Na aula de hoje vamos explorar os principais recursos do "Quick Settings" e entender o impacto de cada uma das configurações no processo de impressão da sua peça. Lembrando que a altura da camada determina sua "resolução" e não sua "precisão", e que quanto menor for a camada, mais tempo levará a impressão, porém melhor será o acabamento externo da peça. No outro extremo, quanto maior for a camada, mais rápida a peça será feita, porém mais rugosa será a aparência da peça. A precisão ou acurácia da peça é relacionada à calibração e as medidas das peças impressas devem ser mantidas, independente da resolução escolhida. O preenchimento é com quanto plástico se deseja colocar dentro da peça impressão. Por padrão as impressoras 3D trabalham já com baixo preenchimento, pois o preenchimento aliado ao número de camadas é o grande responsável pela resistência mecânica da peça. Mais preenchimento, ou