O que significa o novo iPad com Apple Pen?



No dia 28 de março de 2018, a Apple fez um evento inusitado. Antes do WWDC, e completamente fora do calendário, a Apple anunciou um evento em Chicago, no Lane Technical College Prep High School, que não é apenas uma escola pública, mas é uma escola pública de referência, chamada de escola Magnética, uma escola capaz de atrair estudantes para atividades que vão além do currículo acadêmico, sendo assim, uma base excelente para educação, e para preparação para universidades.

Nesse evento, olhando meramente do ponto de vista comercial, a Apple anunciou um novo iPad, com mais processador, integração com a caneta Apple Pen, e um pacote acadêmico, onde o iPad vai de 329 dólares para 299 dólares, e nesse caso, adquirido através da escola, os alunos ganham 200 Gb de espaço, muito além dos 5Gb de iCloud que nós, mortais, temos.

Além disso, a Apple anunciou seu pacote office atualizado, Pages, Numbers e Keynote, para acomodarem funções com as caneta, e seu portfólio para escolas, como o novo iBooks Authors, o Classroom e o HomeWork.

Na prática, o que a Apple está fazendo é competir com o ChromeBook e os Windows 10S (que mal foi lançado e já estão sendo revisto), para ganhar o mercado acadêmico, no qual sempre dominaram, mas cada vez mais, perdem espaço para estes competidores. Hoje, 55% do mercado acadêmico norte americano utiliza ChromeBooks. Os motivos são simples, um ChromeBook custa 150 dólares, e um MacBook Air, 999 dólares.

Mas, por que tanto alvoroço para vender computadores para alunos? A resposta também é simples: cada vez mais a nova educação chamada de STEAM/STEM vem ocupando o curriculo norte americano. Visto como única saída para preparar profissionais para profissões que ainda não existem, ensinar as pessoas a aprenderem sempre é a melhor maneira de fazer isso. O oposto ao que é feito hoje, que é "formar profissioais", quando o profissional do futuro não deve ser formado, mas capaz de moldar-se às demandas que surjam.

Isso é uma resposta à manufatura 4.0, a hiper-conectividade da indústria, alinhada ao surgimento e evolução de coisas como Internet das Coisas, Machine Learning, Inteligência Artificial e tudo que se relaciona com a nova indústria.

Com este evento, a Apple declara, percebemos que há uma nova educação, que ela é importante, e que queremos formar parte dela, e para isso criam ferramentas que concorrem com o Google Classroom, com o ChromeBook, e também adicionam ferramentas de aprendizagem de programação, considerado por muitos que "coding", programar, já deve ser considerado um idioma à mais no currículo, não importa o título que o aluno obtenha na graduação.

Quantas provas mais precisamos, de que há uma nova educação e uma nova indústria, antes que nossos países se mexam? Quanto tempo mais vamos gastar discutindo esquerda ou direita, sem andar para frente?



Para conhecer o Lane Technical College Prep Highschool: https://en.wikipedia.org/wiki/Lane_Technical_College_Prep_High_School

Nosso blog sobrevive de sua ajuda! Contribua apoiando nosso projeto em Padrim! http://www.padrim.com.br/impresso3d!

Postagens mais visitadas deste blog

Converter JPG para STL grátis

Tutorial sobre G-Code - parte 1

Como calcular o preço por serviços de impressão 3D