12/29/2015

Férias são férias...


Aproveite suas férias e venha estudar conosco! Cursos de CATIA V5 completos, com profissionais certificados, e material oficial da desenvolvedora. Faça um consulta: http://www.lwtsistemas.com.br

12/24/2015

Um feliz natal! (E um próspero ano!)


Não é o presépio mais tradicional do mundo, mas quebra um galhão, não é mesmo? E foi quaaase tudo impresso, isto é, as 4 lhamas e o tubarão foram definitivamente impressos...

Seja como for, nós do Impresso3D desejamos à todos um feliz natal e um próspero ano novo! Boas festas, e sorte com as uvas passas...

12/21/2015

Natal 3D


O natal está chegando e se você acha que os enfeites estão muito caros, por que não fazer os seus próprios? Tem toda uma seleção destes itens no Thingiverse só esperando por uma impressora, para virarem realidade. Além de, é claro, você poder fazer seus próprios enfeites!

Passe seu natal recheado de PLA e ABS, com as impressoras Stratasys, e transforme seus sonhos em realidade!

Confira clicando aqui: http://www.thingiverse.com/search/page:1?q=christmas&sa=

12/18/2015

Novos materiais MakerBot - Ferro, Bronze, Mármore e Madeira





Que as impressoras 3D por filamento vão ficar como estão por algum tempo, acho que isso é ponto passivo. Existe um limite entre o quanto um termoplástico pode ser empilhado, camada por camada, de forma a manter uma boa aparência e a ficar pronto em qualquer momento mais rápido que geração espontânea.

A questão é que a velocidade de deposição não é uma limitação de hardware atual, mas sim uma dependência dos materiais existentes, existe um limite do quão rápido o cabeçote extrusor pode se mover, e manter o filamento depositado da camada impressa contínuo e perfeito, como também existe um limite entre a altura da camada, para uma peça de faces mais suaves, mas que o tempo de impressão não fique inviável.

Com vistas à isso, e sem parar de inovar, a MakerBot anunciou que para 2016 seu próximo grande passo será em novos materiais: compósitos à base de PLA que atuarão como blenda, cola, para partículas de uma carga em grãos que virão presas dentro do próprio filamento. Funciona assim: o filamento carregado de partículas de outras coisas passa pelo cabeço extrusor. Parte evapora e sublima, devido ao calor, e parte fica presa à partículas, de forma que ao secar, atuam como uma cola de sinterização por união química.

E que partículas são essas? Ferra, cobre, mármore e madeira! Isso mesmo, nossas impressoras amigas agora serão também as impressoras mais baratas do mundo, a produzir peças em metais e um das primeiras a produzir mármore! E tudo com filamento open-source, então, até mesmo você que não usa MakerBot, pode comprar com a gente o cartucho!

Para saber mais: https://store.makerbot.com/filament/composite

12/17/2015

Natal & Star Wars juntos!


A Disney nos deu um presentão de natal esse ano, com o novo filme da franquia estreando justo hoje, dia 17, mundialmente.

Se ao sair do cinema, aquele gostinho de quero mais não sair da sua boca, que tal um presépio de natal diferente? E se ao invés da estrela de natal, os três jedis reis forem guiados por uma estrela da morte? Se gostou da ideia, corre e faz o seus download do arquivo lá no thingiverse!

Para acessar o arquivo, clique aqui: http://www.thingiverse.com/thing:117733

E de Yoda, nossa amigo, não se esqueça você: http://www.thingiverse.com/thing:10650

O Whatsapp caiu! Aproveita para inventar algo!


Então o Whatsapp caiu? E por 48 horas? Bem na semana de festa da empresa e quando todos queriam mandar aquela foto comprometedora da festa de fim de ano para os amigos? Sem problemas, vejamos coisas úteis para fazer, agora que você tem mais tempo:

1) Aprender a modelar no TinkerCAD
Para realizar seus projetos, é muito importante desenhá-los, escanear, consultar bibliotecas, enfim, aprender a por a mão na massa? O TinkerCAD além de incrivelmente simples de usar, ter um tutorial bonitinho para modelagem, todo online, também roda via browser, não requer instalação de quase nada e é grátis! Que melhor que isso? Uma dica, para se desafiar, desenhe a dock perfeita para seu smartphone e tablet!

2) Crie projetos!
Tem um canal no YouTube que é minha fonte de inspiração, Leandro Felipe! (https://www.youtube.com/user/LeandroFelipe145) o cara não tem CAD, nem impressora 3D, mas faz barbaridades com um DVD velho, leitor de CD velho, joystick velho, e qualquer outra coisa velha ao redor dele. Agora, imagine isso, com a impressora 3D! Um projeto para vocês: no episódio que em que ele ensina a dar uma "sobrevida" a carregadores automotivos de celular, imaginem criar a case que ele tão bem improvisa, impressa. Como seria esse desenho? https://www.youtube.com/watch?v=QIVPHRwQqJ0

3) Aprenda a usar o gerenciador de impressão 3D
A turma da LWT Sistemas fez um tutorial bacana (tá, fui eu mesmo!) sobre como usar o MakerBot Desktop! O software é compatível com Windows, Mac e Linux Ubuntu (além de derivados da distro da Canonical), e serve de visualizador, planejador de impressão e para fazer orçamento de tempo/material consumido! Vale a pena conferir. Ah, mesmo que sua impressora não seja uma MakerBot, o GCode do software é compatível com muitas das impressoras open-source do mercado! Para acessar o tutorial: http://pt.slideshare.net/LWTsistemas/lwt-sistemas-instalando-o-makerbot-desktop

4) Venda sua ideia!



Teve uma ideia brilhante? Gostaram do seu invento? Pois então coloque a matemática dele à venda! A turma da 3DSystems mantêm um blog que também serve de comércio entre desenhos e interessados, tem até coisa minha lá também... http://www.imprima3d.com/

12/16/2015

Nesse natal faça os presentes que for dar... em 3D!


Um amigo meu estava reclamando outro dia que quase toda sua segunda parte do décimo terceiro dele já estava comprometida em presentes para o natal, e isso me fez pensar, o quanto não gastamos com presentes, não apenas nessa data, mas ao longo de todo um ano?

Se parar para pensar, são aniversários, datas especiais como dias dos pais, das mães, dias das crianças, dia dos namorados, dia de casamento, festa da sogra/sogro, dia dos amantes... Uma verdadeira fortuna! Eu particularmente já há algum tempo tenho dado abraços, não reembolsáveis nem retornáveis, mas quem gosta mesmo de presentear poderia fazer seus próprios presentes, pois demonstra carinho, atenção aos detalhes, e a chance de dar algo personalizado, não com aquela cara de comprado de última hora, e com etiqueta pendurada de preço.

Somando um mais um não é difícil imaginar que uma impressora como a MakerBot Mini (um sonho particular de consumo), com seus atuais 9000 reais de preço se pagaria bastante rápida numa família numerosa, não é mesmo? Talvez, no mesmo ano!

Então, se para o próximo ano quiser investir em algo que possa ser pago rapidamente, e que vai com certeza, agradar da sobrinha mais jovem ao vovô mais idoso, pense em investir em algo para você!

12/14/2015

Quer uma i3DPrinter?


Se alguém tinha qualquer dúvida se as impressoras 3D estavam se popularizando, basta saber que vazaram imagens de uma suposta impressora 3D Apple!

Se pensar bem, faz sentido, se eles conseguem nos empurrar iPads e computadores por mais de 10.000 reais, mais que uma MakerBot Mini, o que eles não podem fazer com algo que definitivamente é mais poderoso que um cortador de legumes elegante?

Claro que no caso da empresa de Cupertino, aparência conta mais que funcionalidade ultimamente, e a projeção artística e a patente em si realmente não têm nenhuma semelhança, ao contrário, a ilustração artística é um PowerPC G5 Cube clássico, que o case de acrílico trincava pelo calor, e teve vida curta à venda aqui ou nos Estados Unidos, mas é dizer, ficou mesmo lindona, não é?



Se o Jobs ainda estivesse vivo, tenho o pressentimento que só esse vazamento já me estaria fazendo vender o dobro ou o triplo de máquina... E você, tem interesse em uma i3D Printer?

Fonte: http://3dprint.com/110032/apple-3d-printer-concept/

12/11/2015

Impressoras 3D na mídia

The Good Wife


No episódio 15 da sexta temporada, a boa esposa tem que lidar com um caso relacionado com... armas de fogo impressas em 3D! Claro, no meio de tantos atentados norte-americanos com armas de fogo, a coisa não poderia ter vindo em pior hora. Felizmente, armas de fogo impressas ainda matam menos que qualquer outra coisa que mate!

Elementary

Não é demais lembar que em Janeiro de 2013 o mesmo tema (e a mesma arma, isto é, o mesmo modelo de arma) foi usada na série Elementary, também onde o bom Sherlock é convidado a investigar um caso, de volta à Londres.


E você, tem visto impressões 3D por aí? Deixe nos comentários qualquer dica para esse bloco, que volta no momento menos previsto!

imagens extraídas de: http://www.3ders.org/articles/20140111-man-uses-3d-printed-gun-to-kill-his-wife-in-elementary.html

12/10/2015

Instruções de instalação do MakerBot Desktop


Para quem se interessar, criei um tutorial de instalação do MakerBot Desktop e de como iniciar uma impressão! Críticas e sugestões são sempre bem vindas!


Para ver a apresentação, caso ela não apareça acima, clique em: http://pt.slideshare.net/LWTsistemas?utm_campaign=profiletracking&utm_medium=sssite&utm_source=ssslideview

12/09/2015

Impressoras 3D para coletividade


Um dos fatores mais importantes das impressoras 3D open-source não está apenas no seu custo baixo, mas também na demanda cada vez menor de hardware para serem operadas. A MakerBot por exemplo tem o software de processamento de impressão compatível com Windows, Mac e Linux, além de aplicativos de impressão também disponíveis para iOS e Android (infelizmente, até agora, nada para Windows Phone).

Essa acessibilidade permite que usuários de qualquer plataforma transpassem os problemas de ter que aprenderem impressoras 3D e passem a realmente utilizar a impressão 3D em seu dia a dia. Usando-a para criar produtos, e não como um fim em si mesma.

Eu sempre soube e defendi esse esforço real da MakerBot em tornar acessível suas ferramentas de impressão 3D, mas foi quando, recentemente, me aventurando por uma versão maluca do Chromixium, um sistema operacional fruto do casamento entre ChromeOS e Ubuntu, um sistema operacional feito para rodar centrado em Chromium, a plataforma aberta do Chrome do Google, que percebi o real esforço da fabricante do Brooklin em garantir esse acesso.

A página da empresa não apenas disponibilizar a ferramenta MakerBot Desktop para os três sistemas, como também ensina a quem usa quaisquer linux derivados da plataforma KDE e Gnome a como instalar o pacote. Por vezes, ao usuário leigo de Linux, pode não parecer das coisas mais simples, mas é inegável o esforço dos rapazes de Nova York em brindar esse acesso.

Abaixo os procedimentos que utilizei para fins de registro:


9/28/2015

Saimos no Universo da Moda - Com Max Fivelinha


E nosso trabalho com Pedro Lorenço, o famoso estilista que abriu a São Paulo Fashion Week de 2014 com obras impressas em 3D, agora rendeu mais um fruto, com uma matéria no Mega TV, abordando justamente o crescimento do uso de impressoras 3D no mundo da moda.

Para conferir a reportagem, clique no player abaixo, ou acesse o link: https://www.youtube.com/watch?v=1gw3lwZMj4U


9/23/2015

Golfinho entrega mão biônica



Depois do Kaká e o Robert Downey Jr. entregarem uma mão biônica, agora é uma vez de um golfinho fazer as vezes de entregador. As escolhas aparentemente bizarras e aleatórias são para provar um ponto: produzir próteses com impressoras 3D é tão trivial, e tão barato, que para criar um diferencial efetivo, é preciso caprichar na entrega.

Felizmente no mercado da saúde, não importa quem curava antes, o que importa, a cada dia, é que preços caiam e que sejam mais acessíveis. E as impressoras estão produzindo isso. Salientando que a Stratasys ainda tem o ABS-ISO e o policarbonato PC-ISO, que são materiais que podem ser esterilizados, são hipoalergênicos e não propagam o crescimento de bactérias, podem ser utilizada até mesmo diretamente sobre a pele humana por até 30 dias, garantidos.

Para ver o vídeo, clique no player abaixo, ou no link anexo: https://www.youtube.com/watch?v=guFBbs-gn74


9/11/2015

MakerBot Mini produzindo Minions


Quem se lembra do primeiro Smartphone? Aquele divisor de águas entre o SMS e o email? Para alguns, foi uma evolução natural dos PDA's (quem lembra da Palm e do Windows CE?). Para outros tardou mais. E começaram com aparelhos menores, mais baratos, com menor investimento e menor risco.

Dos Smartphones pequenos, muitos evoluíram, passaram para os top de linhas, outros fizeram disso um negócio, criando aplicativos, programando, vendendo consultorias sobre tema. Outros fizeram deles, ferramentas, email, agenda, contatos, GPS (santo GPS). De uma forma ou de outra, com exceção de desafio, aposta ou desejo de se desconectar, quem passou para o Smartphone, não volta para o telefone básico. Não facilmente.

A impressora 3D começa sua jornada em meio ao mercado de consumo. Ainda pressionada por ser importada na maioria das vezes, e com dólar como está. Não muito diferente de 2008, a crise mundial que explodia ao lado do lançamento, em 2007, do iPhone primeiro. E como aquele aparelho, hoje muitos paqueram essa tecnologia, sem saber se é bom ou ruim, mas com um desejo ao fundo, um pensamento, vale?

A resposta esta na metáfora. É possível viver sem smartphone? Possível até é, mas é tão mais prático com ele. Hoje quem desenha pode produzir na impressora pequenos reparos para casa. Pode criar pequenas experiências, um dock com seu nome para seu companheiro de bolso? Um suporte para comida do seu mascote? E pode sonhar, cada vez mais alto.

Quem não desenha, pode usar a biblioteca pronta, o www.thingiverse.com, um paraíso com mais de 1 milhão (voz do seu Silvio Santos) de coisas prontas para serem impressas. Quem não quer nada da biblioteca e não desenha, tem scanners 3D, desde aplicativos grátis para o Smartphone (olha ele aqui outra vez), a até versões pagas, das mais baratas às mais caras.

O preços das impressoras ainda pode demorar um pouco para baixar, como era impagável o iPhone no Brasil quando foi lançado, mas quem saltar na frente vai tirar proveito. Pode passar a viver disso, pode criar uma ferramenta fantástica de apoio.

Nas palavras de Douglas Adams: "Qualquer tecnologia que já existia no mundo quando você nasceu, é ordinária e enfadonha. Qualquer tecnologia que surja no mundo depois de sua "velhice", é contra as leis da natureza e nunca deveria ter sido criada. E qualquer tecnologia que surja na sua juventude, é fantástica, gloriosa, e você pode fazer dela uma carreira".

Adams não se refere à idades físicas, mas de espírito. Vamos fazer disso uma carreira?

http://www.lwtsistemas.com.br   http://www.thingiverse.com

Clique aqui se o vídeo não aparecer embedado: https://www.youtube.com/watch?v=kswe5rl7Hw8



8/27/2015

Iron Man entrega mão biônica


E assim como Kaká, esta iniciativa esta se espalhando pelo mundo, o projeto mão biônica, com peças impressas em 3D. O que eu acho lindo dessa iniciativa é que não apenas o braço é dado, mas tem aquele apelo de tornar a diferença da criança em algo bacana, dando parte da armadura do "Homem de Ferro", e o melhor, dada pelo próprio Tony Stark, digo, Robert Downey Jr.

Para saber mais desse projeto, acesse o vídeo: https://www.youtube.com/watch?v=oEx5lmbCKtY

Ou veja-o abaixo:


8/25/2015

Jogador Kaká entrega mão biônica



Saiu no mailing da Stratasy (que você realmente deveria assinar) sobre o jogador Kaká e a entrega da "mão biônica˜, matéria que rendeu até uma menção indireta no Jornal Nacional de 25 de agosto de 2015:

Crianças que perseguem suas paixões proporcionam uma excelente inspiração para a equipe da Limbitless Solutions. Trabalhando em um laboratório da Universidade da Flórida Central (UCF), a Limbitless Solutions cria membros biônicos individualizados impressos em 3D para crianças que combinam com sua anatomia e personalidade. Estes fantásticos e personalizados aparelhos são produzidos em apenas algumas horas em uma Stratasys Dimension Elite 3D Printer.

Qual é o objetivo?

Na semana passada, um jovem brasileiro fã de futebol foi o feliz beneficiado com uma mão impressa em 3D pela Limbitless Solutions. Paulo Costa Boa Nova, de 6 anos, tem uma má formação na concepção que afetou seu braço e mão direita. Paulo foi selecionado entre centenas de candidatos para ter sua mão biônica desenvolvida pela Limbitless Solutions. O pai de Paulo, Cláudio, ouviu falar das próteses impressas em 3D quando um amigo lhe enviou o link da Limbitless Solutions - antes disso, este tipo de aparelho não era uma opção viável para a família.
A impressora Stratasys Dimension Elite 3D utilizada por Albert Manero e sua equipe na Limbitless Solutions foi doada pela Stratasys. As crianças recebem os membros impresso em 3D gratuitamente; os alunos que executam os trabalhos na Limbitless Solutions dedicam seu tempo e habilidades de forma voluntária - que vão desde a engenharia até a arte de design - e o custo dos materiais é coberto com a arrecadação de fundos.

Sonhos se tornam realidade

Claudio Boa Nova reconheceu o papel que o aparelho impresso em 3D vai exercer na vida de seu filho. "Não tenho palavras para dizer o quanto somos gratos", disse Boa Nova. "Quando vi no YouTube os braços que eles fazem, tive a esperança de uma oportunidade para o meu filho. Não posso acreditar que hoje o seu sonho tornou-se realidade".
Em entrevista para a Stratasys, acrescentou: "Nós gostaríamos de visitar escolas no Brasil e dizer-lhes  a respeito da impressão 3D. Nós podemos usar a prótese da mão do Paulo como um meio das crianças compreenderem a importância da tecnologia, e como a tecnologia podem mudar vidas".
O decano da Faculdade de Engenharia e Ciências da Computação da UCF, Dr. Michael Georgiopoulos, explicou, "Manero e o grupo de alunos voluntários do laboratório da Limbitless Solutions são uma inspiração para toda a comunidade escolar. Eles encorajam as mulheres a fazerem parte das disciplinas de ciências, tecnologia, engenharia e matemática, e estimulam a criatividade enquanto fazem algo que irá mudar a vida dessas crianças."
Para saber mais sobre impressão 3D e/ou adquirir sua impressora 3D, entre em contato com a LWT Sistemas, através do site: http://www.lwtsistemas.com.br ou pela loja para os produtos MakerBot: http://loja.lwtsistemas.com.br

8/22/2015

Hacer que se te cante el c*lo


Tem uma expressão em espanhol que sempre me soou estranha, "hacer que se te cante el c*lo", fazer o que seu bumbum mandar, numa tradução mais polida e contida. Sempre achei estranha, mas faz também, muito sentido. Geralmente observamos nossas ações com um outra base, emoção ou razão, coração ou mente. Hacer que se te cante é c*lo é uma terceira saída.


Não importa como decidimos nossas vidas, as pessoas sempre irão nos julgar. Optei por não ter mais um carro, optei por não trabalhar de gravata. A medida do meu sucesso é para aqueles que me conhecem e podem saber o quanto eu sei, o quanto estudei, o quanto posso fazer. Tenho para mim, a cabeça baixa e a humildade de sempre querer aprender, mas isso não importa, as pessoas sempre te julgarão sob seus próprios prismas.

Decidir não ter carro é visto muitas vezes como uma decisão de um fracassado, "não posso manter um carro", ou como a decisão de um hipster, esta forma pós-moderna de hyppie, "não quero agredir a natureza e o mundo, meu...". No meu caso, foi estratégica. Leio mais, tenho tempo para mim, entre um transporte e outro, que por vezes, me sai mais caro no fim do mês que um carro e todos seus impostos. Foi uma decisão emocional, e foi uma decisão racional.

Tenho também pensado em colocar aparelho dental. Meus dentes nunca me incomodaram, mas agora, me incomodam. A gengiva está estranha e não gosto de como têm inclinado ao longo dos anos. Mas passamos por uma moda bizarra de usar aparelho dental (sério?!), e também estou chegando aos quarenta anos. Se eu der esse passo, vão pensar: "olha lá, se rendeu à moda besta", ou "olha lá, buscando a infância perdida na crise da meia idade". Mas a verdade é que apenas, e apenas isso, meus dentes têm me incomodado.

No final do dia, não importa o que façamos, as pessoas medem os outros por seus próprios parâmetros, e às vezes, não adianta querer explicar, é melhor repetir: Hice lo que me canto el c*lo, e pronto.

6/23/2015

LWT democratizando impressoras 3D!

 Clique para ir ao Site


Se você estava pensando em comprar uma impressora profissional, aquelas que utilizam um software amigável para operação, que possuem dois cabeçotes de deposição, suporte solúvel em água e que utilizam um plástico ABS de origem controlada, em embalagens vedadas contra umidade e com propriedades homolagadas por instituição neutra, esta é sua chance!

Para saber mais sobre a mojo, veja o vídeo institucional abaixo:




6/18/2015

Indicação de canal no Youtube: Stratasys

 
Gostaria de aproveitar a divulgação da Stratasya do primeiro concurso de Massaschussets sobre manufatura digital para convidar aos leitores que também acompanhem e assinem ao canal da Stratasys. Histórias além do mero institucional.

5/13/2015

curtinha! Filamento elétrico condutor


Deu na revista Plástico industrial de maio de 2015, edição 201 do ano 17:
Startup lança filamento eletricamente condutor.
A empresa Funcyionalizr lançou um filamento em PLA para impressoras 3D, com resistência elétrica de 0,75 Ohms/cm.
O filamento pode ser usado na fabricação de placas, circuitos, lanternas e dispositivos vestívris, a grande onda do momento, smart-watches e outros
Segundo o CEO Mike Toutonghi, leitores biométricos, monitores de pressão arterial e outros dispositivos poderão agora ser impressos em uma só peça.
Para saber mais: www.functionalize.com

5/08/2015

Nova caneta 3Doodler!



E a empresa que encantou o mundo com a caneta 3D, a 3Doodler, no ano passado, lança este ano sua nova versão do aparelho. Com design mais fino, as melhorias vão muito além da estética.

A nova caneta 3Doodler possui agora um pedal acionador, deixando as mãos livres para modelagem 3D no ar, ainda mais fácil. Ela não perdeu os botões, deixando como um extra a opção do pedal, mas a ideia é excelente, acreditem nesse que vos fala, e que usou a caneta 3D com intensidade no último mês. Mais sobre isso na sequência...

Além disso, o novo design, mais elegante, também permite a criação e venda de uma dock para a caneta, tornando mais fácil apoiá-la entre um uso e outro, além de apoiar também alguns filamentos extras, para rápida recarga, e organizar a mesa de trabalho. A dock faz par com outro acessório impressionantemente útil, o Jetpack, uma bateria portátil para uso em campo da caneta 3D! Se você se pergunta quem usaria a caneta 3D em campo, a resposta é simples.

Além de excelente ferramenta de desenho, a caneta 3D é também acessório obrigatório para quem já tem uma impressora 3D à base de ABS ou PLA, pois ela pode atuar como ferramenta de solda por deposição de cordão em ABS com eficiência sem igual. Fácil de manipular e usando o próprio bico aquecido da caneta, pode-se abrir canais com facilidade no ABS para a deposição do cordão, que se fundirá ao secar sobre o mesmo material, isto é, ABS com ABS e PLA com PLA.

Por fim, os novos materiais incríveis da caneta, que agora possuem elastômeros como opções de uso. Eu sinto falta do elastômero desde as FDM1500's e FDM3000's, que era compatíveis com esse material.

Para saber mais: http://www.the3doodler.com

5/04/2015

Yoda em 3D: Que a força esteja com você!

Hoje é o Dia do Star Wars por causa de um trocadilho com o modo de chamar esse dia em inglês:
May the 4th (May the Fourth be with you que se lê: May the Force be With You). Mas você já sabia disso, né?


Para celebrar o dia, deixamos aqui o link com mais de 100 arquivos CAD para você imprimir quantos Yodas você quiser!

May the Force Be With You!!!

    Link: http://www.yeggi.com/q/yoda/


5/03/2015

eBook grátis! Causando boas impressões


Para comemorar o lançamento do novo visual do blog, aproveite para fazer download grátis, apenas uma quinzena, do livro Causando boas impressões! Se você não tem, veja que economia bacana, e se você já tem, bom, talvez queira presentear sua mãe, não é mesmo? Ou ler de novo!

Seja como for, aproveite para baixar grátis, por tempo limitado, essa obra que reúne o conteúdo deste blog, como um Service Pack ou um complemento ao livro: Impressoras 3D, à venda na Amazon, Google Play e no Clube de Autores!


2/22/2015

Propriedade intelectual, impressoras 3D e Katty Perry...



Nesse excelente artigo, Bruna Castanheira discorre sobre o caso de Fernando Sosa, e como ele foi processado por disponibilizar para impressão 3D a fantasia de um figurante do show da cantora Katy Perry. Vale muito a leitura...

Para quem não tem como clicar no link indicado: http://direitotech.com/2015/02/19/katy-perry-copyright-e-o-leftshark/

A revista Rolling Stone norte americana tem feito um acompanhamento muito banca, e também indico o caso. Da mesma forma, o desdobramento desse caso bizarro está aqui também: https://www.techdirt.com/blog/?tag=fernando+sosa

Contato

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *