Como calcular o preço por serviços de impressão 3D



Vejo muitas, muitas pessoas com dúvidas sobre como cobrar por serviços de impressão 3D, por isso vou deixar aqui essa aula que dei na Faculdade Belas Artes, a convite do digníssimo Prof. Sandro Ferraz, junto com um exemplo:

Existem várias forma de cobrar por impressão 3D, amortização do equipamento, mais material, mais custo de consumíveis, mais luco e impostos, mas para não ficar no campo fictício, vamos a um exemplo tangível:

Vamos dizer que você comprou uma impressora 3D por 10.000 reais. E você quer que esse item se pague em um ano, e quer ter lucro de 15% por trabalho. Quanto cobrar?

1) Descubra quanto custa sua hora:

Um ano tem 2000 horas úteis (descontando duas semanas de festas, oito horas por dia, por 5 dias por semana, por 50 semanas). Seu custo hora direto (sem contar eletricidade, aluguel do escritório, café) é R$ 10.000 / 2000 horas = 5 R$/h.

2) Cobrar o material? 

Eu recomendo. Pois muitas máquinas permitem o uso de diversos materiais, e assumir que só vai vender PLA é perder a longo prazo. Cobre o material por fora, por grama, por centímetro cúbico, como quiser. O PLA do mercado livre custa, em média, R$ 120,00 por 1000 gramas. (a densidade do PLA é de 1,04, ou 4% mais denso que a água, o que significa que 1 cm³ = 1,04 gramas, para fins de facilidade, vamos arredondar 1 cm³=1g). Seu custo direto do material (sem contar frete) é R$ 0,12/grama.

3) Lucro? Impostos? Tempo ocioso coberto pelo tempo pago?

Existe uma longa matemática que demonstro na aula que dei na Belas Artes, mas também existe o chamado número mágico. Vezes 4. Isso aborda lucro, impostos e compensação do tempo parado dentro do tempo ocioso, com média de 1:3, ou seja, cada hora trabalhada cobre, 3 horas parada (tempo sem cliente, tempo prospectando, tempo fazendo orçamentos).

4) Então quanto?

Se sua máquina custou 10.000 reais e você quer pagá-la em 1 ano, seu valor de cobrança é de R$ 20 reais a hora e de R$0,50/grama do material. Como o número mágico não cobre consumíveis (na MakerBot a expectativa é de gastar um cabeçote a cada dois anos, mas vamos prever o pior cenário possível, um cabeçote ao ano, cada um custa R$ 1.500,00 reais), vamos arredondar tudo: R$ 30,00/h de serviço e R$ 0,50/g.

Valeu a dica? Curte e compartilha! Ajude o blog a se manter relevante! ;)

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Converter JPG para STL grátis

5 erros a se evitar prestando serviços de impressão 3D

Tutorial sobre G-Code - parte 1