Eu não canso de repetir a minha esposa como admiro o que esse cara, Devin, do Maker Anything, consegue fazer mil coisas. Ele tem de tudo: Inventor Fusion, SolidWorks, um computador que funciona, várias impressoras 3D, diferentes e diversas canetas 3D, e uma criatividade e um talento inatos.

O máximo que eu fiz foi por fogo no escritório, tentado criar uma "Smooth Chamber" de acetoma para ABS, com uma cafeteira velha, acetona, isqueiro e uma ideia de girico, colocar fogo na acetona...

Agora, o gatilho para esse vídeo foi o que ele fez com uma MakerBot 2, que daria também muito bem, para fazer numa MakerBot 2X, troca de bico, troca de setup, vase mode. Eu gosto desse vídeo, pois toda vez que alguém fala que a MakerBot é engessada, eu falo da MakerBot 2X, the experimental 3D printer.

O sobrenome Experimental não se trata de uma alusão imaginária a Jimmy Hendriks "lets do some experiences", mas sim do fato de ser uma impressora raíz makers, aberta, open-source, editável, difícil de domar às vezes, mas sem dúvida a mais versátil a família, confiável, uma vez domada, para quem quer resultados com repetibilidade, e aberta, para quem quer explorar novos resultados.

Vejo muita gente reclamando da MakerBot, como quem reclama de um iPhone, sem nunca ter tido um. (eu tenho um windows phone). Gente que reclama como a empresa fechou o código aberto, sem nunca ter usado código aberto, mas que usa sim, thingiverse e grabcad, espaços e redes sociais de makers, mantidos por aqueles que compram a MakerBot, e dá dinheiro assim, a empresa do Brooklin para manter estas mesmas redes, por hora, grátis, abertas.

Sem mencionar que ela foi a pioneira em impressão 3D, para o bem ou para mal. De infantaria a boi de piranha, muitas empresas "certinhas" que vieram depois, sabiam onde não pisar por que a MakerBot foi ali e pisou, e da mesma forma, souberam como começar suas carreiras.

Minha defesa não desmerece as novas, eu mesmo gostaria de ter uma ZMorth, depois de comprar minha 2X novinha, e uma MakerBot Mini, para manter ao lado da minha CNC CupCake... afinal, Apple e MakerBot têm também isso em comum, uma linguagem visual, uma espécie de assinatura, com seus produtos, até hoje.