Graças a Alcateia e MakerBot tive a oportunidade de falar sobre educação e STEAM, que levam ao uso das impressoras em sala de aula.

A importância desta ação transcende todos os objetivos comerciais, trata-se de garantir o futuro aos alunos, e pode soar como exagero, mas me acompanhe: a manufatura 4.0 já está em marcha e sua transição é inexorável, um mundo de Black-planta, fábricas autônomas, que de tantos robôs, nem se precisa acender a luz, fábricas, com mínima, ou nenhuma geração de empregos.

Esse movimento é inevitável, e já está acontecendo, mas e quanto ao resto de nós? Enquanto Mark Zukenberg passa a defender uma bolsa dada pelo governo, a todos os cidadãos, para suprir a falta brutal de trabalho e emprego nos dias que virão, eu preferi potencializar as pessoas que possam fazer seu próprio emprego e geração de empregos, mas para isso dependo do professores.

Uma das experiências in loco mais legais que já tive foi o colégio Marista, onde os alunos aprendem Lego MindStorm, Scratch, Impressão 3D e desenho por minecraft CAD! Essas crianças de sexta a oitava série vão sair da escola com mais bagagem que eu saí da faculdade!

Foi uma semana incrível, que só posso agradecer a Alctei, Makerbot e ENG, pela chance de falar!