Tutorial sobre G-Code - parte 1


O site All3D fez um tutorial brilhante, do tipo, tudo que você sempre quis saber sobre G-Code e tinha vergonha de perguntar. Mas como este material está em inglês, vou traduzir alguns itens que acho mais relevantes.

Sempre lembrando que esse material é original do All3D e eu não tenho nenhum tipo de crédito ou mérito nele, ok?

G-Code é a linguagem utilizada por computadores para se comunicarem com as impressoras, e nesse curto tutorial, vamos desmitificar e compreender esse código.

Usando o G-code, um computador diz à impressora quando depositar material, quando parar, a que velocidade/temperatura, para onde mover a cabeça de impressão, esse tipo de coisa.

Se você nunca lidou com um G-Code até hoje, tudo bem, fatiadores como Cura e Simplify3D geram o G-Code automágicamente à partir de arquivos CAD, então a maior parte das pessoas nunca teve que lidar com esse código na vida. Contudo, se você quiser criar um entendimento mais profundo sobre o G-Code, talvez haja um par de coisas que você precise aprender sobre ele. Saber G-Code te ajudár a solucionar problemas com a sua impressora 3D melhor que ninguém.

G-Code atende por "Geometric Code", e não é diferente de qualquer linguagem de um CNC (Comando numérico computadorizado), em essência. Cada linha diz à impressora o que fazer naquele exato instante.

Um código G-Code típico terá esse tipo de aparência:

G1 X-9.2 Y-5.42 Z0.5 F3000.0 E0.0377

Essa linha em particular diz para a impressora para mover o cabeçote em linha reta para as coordenadas X=9,2 Y=-5,42 e Z=0,5 na taxa de 3000 e depositar material à ataxa de 0,0377. O comando G1 que inícia a linha da a dica da ação, já que as coordenadas são fáceis de serem lida por si mesmas.

G1, no caso, significa, mova-se em linha reta. O reto da linha são argumentos, que complementam a ação do comando.

Linhas que iniciam com G, são linhas de comando, mas e se você precisar dizer para a impressora para aquecer a mesa ou ligar/desligar um ventilador? Essas definições são dadas por comandos M. Por exemplo, M140 diz para a impressora ligar o aquecedor da mesa e M190 diz para a mesma esperar a temperatura desejada ser atingida.

Eis um lista de comandos que podem iniciar uma linha e seus significados:

Gnnn = Comando G-code padrão, como mover para um ponto
Tnnn = Seleção da ferramenta nnn, em RepRap isso signfica o tipo e quantos bicos a impressora usa
Mnnn = Comandos de definição RepRap, como ligar a mesa ou desligar um ventilador
Jnnn = Parâmetro offset Y em movimento de arco
Innn = Parâmetro offset X em movimento de arco
Rnnn = Parâmetro usado em temperaturas
Hnnn = Parâmetro usado para aquecedores em regulagem PID
Dnnn = Parâmetro usado para diâmetros em regulagem PID
Qnnn = não em uso pela RepRap
Nnnn = Número da linha, usado para rastreabilidade de erros
Ennn = Extenção da extrusão. É o XYZ para consumo de filamento
Fnnn = Taxa de alimentação. (velocidade por movimento da cabeça)
Snnn = Parâmetro de comando, do tipo tensão, temperatura, tempo em segundos, para um motor
Pnnn = Parâmetro de comando, mas em milissegundos ou PID, para um motor
*nnn = Verificar somas, usado pra rastreabilidade de erros
U,V,W = Eixos adicionais de movimentação, FirmWare RepRap
Znnn, Ynnn e Xnnn = coordenada para movimentação, em inteiros ou fração

Para ir à fonte da fonte da informação: http://reprap.org/wiki/G-code#Fields

Comandos mais importantes em G-Code:

G0: Mover a cabeça à velocidade máxima às coordenadas desejadas. Ex: G0 X7 Y18
G1: O comando mais comum na impressão 3D, onde a velocidade da movimentação é limitada pela taxa de deposição, mantendo o movimento em X e Y uniforme, Ex: G1 X7 Y18 F3000 E0.2
G20/G21: define a escala da movimentão, G21 é milímetros, G20 é polegadas
G17,G18,G19: Definir os planos da máquina.
G28: Define o HOME da máquina, em geral é utilizado o código G28.1 para X0 Y0 Z0
G90: Modo absoluto, diz para a máquina ir para a coordenada X10, por exemplo, em absoluto
G91: Modo incremental, o mesmo que o G90, mas incrementa a nova medida sob a posição atual do cabeçote
G2: movimentação no sentido horário: começar a camada e movimentar a cabeça em sentido horário. Exemplo:
G21 G90 G17

G0 X6 Y18

G2 X18 Y6 I0 J-12
G3: o mesmo, mas no sentido anti-horário

O G-code ainda aceita implementações de comentários, utilizando o ";"

Para amanhã, analizaremos o código em sua totalidade, ao invés de olhar item à item.

Texto original de: https://all3dp.com/g-code-tutorial-beginners-3d-printing/


Para ler a parte 2, acesse: http://www.impresso3d.com.br/2017/05/tutorial-sobre-g-code-parte-2.html

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Converter JPG para STL grátis

5 erros a se evitar prestando serviços de impressão 3D