Recentemente tive a experiência da minha vida, dar aula para crianças, e aula sobre impressoras 3D! Crianças da quinta à oitava série, de um colégio católico da região do início da avenida Paulista. E foi incrível! Foi até melhor que em algumas faculdades a participação das crianças e o interesse e participação.

Agora, falar de impressoras 3D para crianças é fácil. Elas até já sabem para que serve. Na minha palestra, acabei apelando para o Minecraft, febre entre essa idade por amostragem de 100% dos meus sobrinhos, e falei de sites que exportam o skin do seu avatar do Minecraft para impressoras 3D (o STL vem até com cores!), também dá para exportar castelos e suas construções em 3D para uma impressora 3D.

Dentro do Minecraft dá ainda para programar, e um maluco com muito tempo livre fez uma impressora 3D dentro do jogo, para ser usada pelos personagens!


Em geral, a geração atual já chega a escola sabendo CAD (desenho no Minecraft), programação (no Minecraft e até impressora 3D e que já sabem para que serve, produzir rapidamente algo que eles precisam!

O difícil é convencer professores e instrutores da importância dessa tecnologia na sala de aula. Em geral a palestra acaba sendo para eles verem o quanto as crianças já sabem.

Como regra geral, a impressora 3d pode ser usada para criação de maquetes, para exercícios de resistência dos materiais, para brincar de arqueologia e estudar a história no processo, imprimindo seus próprios dinossauros (ossos), enterrando-os e depois "descobrindo-os". Pode-se aprender resistência dos materiais e estruturas geométricas e diferentes propriedades destas formas, fazendo-as em 3D com diferentes construções. Pode-se tudo, menos não usá-las...