Retrospectiva 2016

O ano de 2016 foi marcado por grandes novidades em materiais e máquinas e gostaríamos de listar algumas dessas novidades para vocês.

1 - A Boa Impressão 3D:
Foi o ano que a Stella se tornou grande, e tenho quase certeza, foi o ano de lançamento da impressora 3D mais acessível do mercado nacional. Uma impressora abaixo dos 3000 reais, com área de impressão 200x200 e 200 mm de altura!

A explosão teve seu preço, e hoje a máquina tem 25 dias de espera para adquirir a sua, mas sem dúvida, foi um grande passo para a divulgação da impressão 3D no mercado nacional! Parabéns à empresa Boa Impressão 3D e à Stella. Disponível através do site:
https://boaimpressao3d.com.br/



2 - Stratasys aposenta o STL em suas impressoras FDM e FFF
2016 também foi o ano que a Stratays decidiu diminuir uma das chances de erros na impressão 3D, a conversão para STL. Este ponto crucial pois nenhuma impressora pode produzir um arquivo melhor que o STL recebido. O GrabCAD Printer e o MakerBot Printer agora abrem nativamente arquivos CAD, CATIA, SolidWorks, SolidEdge, NX, PRO/E, STP, IGS, e claro, até o STL. A previsão é de muito em breve envolver as PolyJets também numa só plataforma de impressão, que também facilita a vida de quem tem muitas máquinas em seu escritório/fábrica/casa. O STL existe desde 1983, e esse ano completou então 33 anos. Menos que o INSS brasileiro, certo?

3 - HP se lança no mercado de impressoras 3D
Nas palavras do site 3Dprint.com, "assim como crianças contam os dias para o natal, jornalistas e analistas esperam pela impressora 3D da HP". Ela já foi anunciada uma três vezes ao longo dos três últimos anos, mas nunca era lançada. Parece que esta espera pode chegar ao fim. Usando um sistema misto de powder-binder com sinterização, a impressora promete velocidade, cores e resistência mecânica, basicamente, todos os pratos de uma mesma balança, numa só peça, mas só esperando para ver. A máquina terá 400x300x400mm e alega poder fazer no mesmo tempo que uma FDM produz 50 peças e uma SLS produz 250 peças, eles podem produzir 2500 peças! Nada mal no campo das promessas, vamos esperar para ver esse bebê na produção.

4 - Novos materiais FDM
Se o processo FDM é um processo antigo, e com pouco espaço para inovação real em seu processo, sobra espaço em materiais. Basicamente imprimir em FDM é combinar a temperatura de vitrificação e a viscosidade do material para que ele seja depositado de forma contínua e com cura uniforme. A Stratasys esse ano revelou o PEKK, poli-ether-acetal-acetato, um ULTEM com dissipação eletro-estática, anunciou o Nylon6, prometeu o Nylon com fibra e terá muita coisa vindo ainda, no campo de materiais definitivos, baseados em super-polímeros para produzir peças finais, e prontas para colocação no trabalho, seja numa linha de produção, seja num avião, ou numa espaço nave. A MakerBot também lançou o seu super-PLA, o Tough-PLA, um PLA com as propriedades mecânicas do ABS, capaz de ser impresso nas máquinas Quinta geração e no outro lançamento do ano, a família quinta geração plus: MakerBot 5+ e MakerBot Mini+.

5 - Inifity Build
Para mim, que trabalho numa revenda da Stratasys, a LWT, é quase impossível não me atentar aos lançamentos da Stratasys, então sou muito suspeito, e não por acaso três itens da minha lista são da própria Stratasys, mas não há como negar que a impressão infinita é um dos cases do ano. A combinação de uma impressora 3D, a colocação da mesa de impressão no eixo XZ e aliar a isso um robô, permite que você possa virtualmente imprimir peças infinitas! A cada vez que o "envelope" teórico é atingido, o robô simplesmente move a peça um pouco para fora da máquina e a impressão continua de onde parou. Já foi impresso, além do aviãozinho desta foto, o interior completo de uma aeronave com 8metros de comprimento! A outra vantagem do robô é a possibilidade de imprimir também tramas feitas ao longo dos 3 eixos de deposição, e não apenas no eixo XY, ou nesse caso, XZ, criando peças mais homogêneas e mais isotrópicas.



É impossível fazer um top five de um ano tão incrível, mas para vocês, o que foi que faltou nessa lista? Deixei seus comentários e sugestões e nos vemos ao longo desse ano que será incrível! Bem-vindos à 2017!


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Converter JPG para STL grátis

5 erros a se evitar prestando serviços de impressão 3D

Tutorial sobre G-Code - parte 1