Nova patente da Airbus pode revolucionar Impressão 3D

Entender esses documentos de patentes norte-americanos (ou o padrão é internacional? não sei.), é quase impossível, e provavelmente a causa de tantos processos por patente lá fora, já que há margem para muita interpretação.

Felizmente no caso da AirBus, a empresa francesa que uma das maiores produtoras de aeronaves do mundo, os desenhos vieram com algumas explicações. O processo envolve produzir uma fuselagem aeronáutica, integralmente impressa, pelo processo de SLS, para produzir um corpo capaz de suportar muito mais estresse, sem ter pontos de acúmulo de pressão.

O processo basicamente utiliza uma estrutura de casca para referência, e então o laser irá fazer a sinterização de um material em pó que estará depositado sobre esse corpo, provavelmente Aço, Silicone, Silício, Ferro, Alumínio, chumbo, Galium e muitos outros materiais, fazendo todo o corpo da aeronave uma só estrutura de material compósito.

Isso não significa contudo que a patente da Airbus descobriu como apertar Print e imprimir um avião inteiro, mas sem dúvida significa um ciclo de produção muito mais curto para as peças impressas.

Para acessar o artigo completo, em inglês, acesse: http://www.ibtimes.co.uk/airbus-files-revolutionary-patent-3d-printing-aircrafts-exterior-its-entirety-1562187?scid=brand_20160527_62075986&adbid=10154198380109770&adbpl=fb&adbpr=12707004769




Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Converter JPG para STL grátis

5 erros a se evitar prestando serviços de impressão 3D

Tutorial sobre G-Code - parte 1