Postagens

Mostrando postagens de Junho, 2016

A caneta 3D mais elegante da paróquia...

Imagem
Quem gosta de canetas 3D e quer um produto premium, a LIX apresenta sua caneta 3D, a mais elegante e precisa caneta 3D do mercado. Eu tomei conhecimento dessa caneta através do canal Unboxing Therapy, um canal fantástico para quem gosta de comprar bugigangas mas a grana está curta, é a chance de aproveitar o processo de abrir a caixa e desfrutar dos produtos lá, novinhos, embaladinhos...



Um convite a conhecerem nossa comunidade no Facebook

Se você ainda não conhece nossa comunidade no Facebook, não perca mais tempo e vá lá agora, dê o seu like e passe a acompanhar nossos eventos, novidades e notícias além daquelas no blog!

Está aqui ainda? Vá lá agora!https://www.facebook.com/impresso3dbr/

Relatório SmarTech mostra crescimento do mercado

Imagem
https://www.3printr.com/new-smartech-report-show-low-cost-3d-printing-market-alive-healthy-0139923/


Disney registra patente de impressora 3D instantânea

Imagem
A Disney, sempre inovando, claro, como um dos maiores conglomerados de criação, possuindo em sua base a Pixar, Marvel, Parques, Estúdios de Animação, Star Wars, pode-se imaginar a demanda por criatividade e inovação em seus bastidores, tanto ou mais que aquilo que vemos a público.

Talvez por isso a Disney tenha registrado a patente de sua segunda impressora 3D, uma que alegadamente será instantânea, baseada numa combinação de gases e luzes, para modelar peças de uma só vez, e não por deposição de camadas. Um processo insano que eu só posso imaginar que é tão, mas tão complexo, que se explicar, abre a patente.

O artigo original é do IDGNow, e foi uma indicação do grupo Makers, no Facebook. Para acessar o artigo original, acesse: http://idgnow.com.br/internet/2016/05/04/disney-registra-patente-para-impressora-3d-instantanea/

Em tempo, a primeira patente da Disney de impressoras 3D, que eles não comercializam, mas usam, é a uma impressora 3D baseada em FDM, que na realidade trabalha com…

Curso Impressoras 3D Avançado na LWT Sistemas

Imagem
A LWT Sistemas inicia suas inscrições para o Curso Avançado de Impressoras 3D, um curso novo e focado no "depois de impresso" das peças. Neste curso, de grande carga prática, você conhecerá:

- Canetas 3D;
- Como usá-las para produzir peças e modelar no ar
- Usando a caneta 3D para unir peças,
- Um estudo sobre processos de união e seu impacto nas propriedades dos materiais
- Outras formas de união de peças
- Acabamento: Lixa, pintura, limpeza de suporte (na prática)
- Acabamento com acetona, jato de areia e outras formas (na teoria)

Um curso focado na peça, e menos na impressão, e o melhor de tudo, você leva grátis sua caneta 3D com você ao final do curso!

Venha aprender como a Legacy Effects criou o seriado Colony e seus efeitos especiais, utilizando MakerBots! Para se inscrever, acesse: http://www.lwtsistemas.com.br/curso-impressoras-3d-avancado/


E já vá paquerando seu brinquedo novo:

1 Caneta 3D impressão estereoscópica; 1 12V 3A Power Adapter (plug UE, EUA plug); 3 filamen…

Uma discussão sobre sinterizados

Imagem
Todo processo de sinterização é a união de duas partículas através de um meio aglutinante. Se pensarmos de forma absolutamente leiga, estamos tratando por exemplo, de unir duas fatias de pão usando manteiga ou geléia. Isso é chamado de aglutinante químico, quando um segundo ou terceiro elemento é usado para unir outros dois que são iguais.

Na mesma metáfora, se o produto usado na união for da mesma matéria prima dos materiais que ele une, chamamos de sinterização apenas. Como unir duas barras de chocolate com chocolate quente. O chocolate quente derrete parte das barras, e quando eles se esfriam, temos uma união que tem praticamente a resistência mecânica, bem, de uma só grande barra de chocolate.

O problema da sinterização contudo, que assola a todos os setores da indústria até hoje, é que as uniões nunca são limpas. A manteiga e a geléia terão ar entre as camadas. O chocolate poderá criar bolhas de ar presas entre todos aqueles chocolates derretidos. E estas bolhas de ar presas são…

Nova patente da Airbus pode revolucionar Impressão 3D

Imagem
Entender esses documentos de patentes norte-americanos (ou o padrão é internacional? não sei.), é quase impossível, e provavelmente a causa de tantos processos por patente lá fora, já que há margem para muita interpretação.

Felizmente no caso da AirBus, a empresa francesa que uma das maiores produtoras de aeronaves do mundo, os desenhos vieram com algumas explicações. O processo envolve produzir uma fuselagem aeronáutica, integralmente impressa, pelo processo de SLS, para produzir um corpo capaz de suportar muito mais estresse, sem ter pontos de acúmulo de pressão.

O processo basicamente utiliza uma estrutura de casca para referência, e então o laser irá fazer a sinterização de um material em pó que estará depositado sobre esse corpo, provavelmente Aço, Silicone, Silício, Ferro, Alumínio, chumbo, Galium e muitos outros materiais, fazendo todo o corpo da aeronave uma só estrutura de material compósito.

Isso não significa contudo que a patente da Airbus descobriu como apertar Print e i…

Indicação de arigo: Review da XYZ Da Vinci Pro por Daniel Huamani

Imagem
Daniel Huamani, mantenedor da página com seu próprio nome e da página Fiz em 3D escreveu um artigo deslumbrante sobre sua experiência, vasta, com impressoras 3D. O artigo é ótimo e deve ser lido com mente aberta, pois ele faz críticas, do ponto de vista de usuário, e elogios, do mesmo ponto de vista. Isso é, não promovo, e acredito que ele também não esteja promovendo, essa ou aquela empresa, ou depreciando aquela outra, apenas escreveu suas vivências, e eu achei incrível a forma como ele fez.

Fica a dica do artigo, que para ser lido, acesse: http://danielhuamani.com/news/2016/5/18/review-xyz-da-vinci-pro-10

Adam Savage autografa impressora Stratasys

Imagem
Temos vários artigos para essa semana sobre impressão 3D na aviação, processo SLS, o que é sinterização e falhas e perigos em processo sinterizados, mas como hoje é segunda feira, decidimos começar leve, e com um artigo gostoso.

Adam Savage, co-host do show Mythbusters do Discovery Channel e dono de seus próprios canais no YouTube (o melhor é o Tested), decidiu deixar sua marca ao visitar uma Objet350 Connex3 novinha na universidade Case Western Reserve University, Cleveland, Ohio.

Savage sempre foi o meu preferido do programa doDiscovery, por ser ousado, aventureiro e por falhar. Jaime Hyneman sempre tentou ser muito certeiro, muito certinho, rebeldo no bigode, mas conservador nas suas tentativas. Depois de um tempo dava para sentir certa tensão entre os dois no programa, que acabou sendo pública depois, com o fim do show. Nada escandaloso, eles simplesmente concordaram em discordar e decidiram dar um tempo no trabalho conjunto.

Fiquei muito feliz por ter sido Adam a dar o autografo…

SENAI Campinas inicia seu curso de Impressoras 3D

Imagem
Como membro da Associação Brasileira de Fabricantes de Impressoras 3D, uma entidade de classe ainda em formação, tenho a chance única de ver diversos novos materiais surgindo, e entre eles, estou assistindo de camarote, e ajudando como posso, na criação de um curso pela rede SENAI de impressoras 3D, mais especificamente, um curso de Operação e Programação de Impressoras 3D.

Como o próprio nome sugere, o curso ainda bebe muito da fonte da sua tecnologia "irmã", o CNC, já que para usar uma impressora 3D não há de fato "programação", a menos, é claro, que estejamos falando da construção do software de gestão da impressora, o Arduino e todo o demais, mas a ideia esta clara de qualquer forma, trata-se de um curso para jovens de 14 à Niemeyer de idade, um curso extensivo, com 80 horas.

Claro que um curso desse tamanho não vai se furtar a pincelar CAD, abordar as diversas tecnologias do mercado, explicar propriedades dos materiais, e muito mais. E se quiserem encontrar e…

Filamentos 3D Brasil - uma ode a impressão 3D

Imagem
Devemos reconhecer e valorizar os que trabalham sério, que trabalham bem, e que fazem aquele esforço extra pela comunidade. Isso seta um padrão elevado ao mercado e puxa a competitividade para cima. É exatamente isso que o Anderson Godoy vem fazendo com seu trabalho na Filamentos 3D Brasil.

A empresa que começou produzindo filamentos para impressão 3D, esta agora também apoiando o desenvolvimento nacional de blendas, como o trabalho realizado em parceria com Francoleno e João Carlos da FATEC ZL, que vimos ontem aqui no blog. A transparência é tamanha, que eles até criaram um vídeo divulgando o trabalho deles:


Mas eles foram além, e começaram a desenvolvem em seu blog um conjunto de dicas de uso para impressoras 3D, com uma cobertura excelente de problemas e melhorias comuns de principiantes a veteranos, a seção chamada de "Super Dicas" do blog deles se foca exclusivamente nisso, e eu recomendo muito a leitura! 
Por fim, como se tanto trabalho fosse pouco eles ainda traduzir…

Desenvolvimento brasileiro de filamentos - sim, isso existe!

Imagem
Francoleno Avelino dos Santos e João Carlos Sobreira da Silva estão desenvolvendo um trabalho muito interessante, e bastante raro no nosso país, chamado pesquisa de desenvolvimento. Para ser claro, eles estão fazendo por que querem, não foram pagos para isso, não é o trabalho deles, e até pode contar pontos na faculdade, mas acima de tudo, estão fazendo uma pesquisa por conta própria. E eu aplaudo de pé essa iniciativa.

Tenho certeza que muitos outros trabalhos de pesquisa podem estar ocorrendo no país, mas infelizmente, além de um universo muito pequeno, muitas empresa optam por agirem em segredo, com medo de serem copiadas, de perderem alguma oportunidade, e por isso, é muito difícil conseguir informações sobre esse mercado.

Mas, voltando para o trabalho destes formandos da FATEC-ZL, decidi deixar que eles próprios explicassem o que estão fazendo:

Scaner 3D Open Source - Faça Você Mesmo

Imagem
Se você viu o post de sexta passada, já sabe que com um Arduino Mega e meia dúzia de cortes em MDF e 2 de acrílico, se pode construir sua própria impressora 3D. Agora que você tem sua própria impressora, qual o próximo passo? Bom, fazer scanner 3D é um boa ideia, não é?

Pois encontrei esse vídeo na internet que mostra em detalhes como produzir seu próprio scanner 3D, usando algumas peças, um Arduíno, e um par de hastes.

The STL files for the 3D scanner can be found at: http://www.thingiverse.com/thing:1413891

The Arduino and MATLAB code can be downloaded here: http://bit.ly/1QVcPXV

Order a copy of the PCB in this video for yourself at: http://bit.ly/22ov2Es

In addition to the STL files and a 3D printer, you will need the following components to build the scanner:

1x Arduino Pro Micro
2x Nema 17 stepper motor
1x IR Distance sensor (2cm-15cm range) - (Sharp GP2Y0A51SK0F)
2x EasyDriver stepper motor shield
1x Micro SD TF card shield
1x Z-axis ACME threaded rod with anti-backlash nut
2x 8mm linear …

M3D Impressora 3D - atualizado -

Imagem
O produto é de 2014, mas só fui ouvir falar dele recentemente, achando-o por acaso no mercado livre. A M3D é a chamada Micro Impressora 3D, extremamente compacta, dá para viajar levando-a na mochila, sem crise nem sustos.

Uma máquina com área de impressão mista, uma coisa diferente, ela é capaz de produzir peças ou de 109x113x76mm, ou peças mais altas, a área reduz, passando para: 91x84x116mm, e eu não sei bem por que disso.

A máquina também é incrivelmente lenta. Mas muito lenta. Um arquivo do thingiverse, feito por ela, levou 8 horas, enquanto na MakerBot Mini, o mesmo arquivo, levou 4 horas.

Mas tem lados positivos, é uma impressora de 350 dólares lá fora, muito, mas muito barata. Também é silenciosa, e a forma super compacta como foi construída a torna perfeita para palestrantes itinerantes, se entendem o que eu quero dizer.

Também já sabemos que não importa a área de impressão, já que o PLA e o ABS aceitam até 6 formas de união, a foto do jornal acima demonstra precisamente isso…

Impressora 3D feita em casa

Imagem
Encontrei no Instructables outro dia (um site que você deve conhecer, por sinal), como construir sua própria impressora 3D, por menos de 200 dólares. Como esse projeto é antigo, acho que rola por uns 500 reais, já que o mais caro, até onde sei, é o Arduino Mega.

O bacana é a chance de ser sua própria impressora 3D, que ainda que seja um pouco ruidosa, é bem pequena e bem portátil, e se puder acrescentar o detalhe do Olho de Sauron, fica show, não é mesmo? O projeto foi ganhador do concurso do ano passado, e também foi liberado junto ao RepRap, como impressora "full open-source".

Para ver a lista de componentes, e as instruções passo a passo, acesse: http://www.instructables.com/id/Building-a-3D-Printer-Under-200/



Recomendação de artigo: 7 bons motivos para comprar uma impressora 3D

Imagem
O pessoal da Design Culture fez um artigo excelente sobre impressoras 3D, listando 7 bons motivos para investir numa impressora 3D, recomendo muito a leitura do mesmo, que pode ser encontrado na íntegra, no site: http://www.designculture.com.br/7-bons-motivos-para-investir-em-uma-impressora-3d

Abaixo relaciono um dos principais motivos de todos:

5. Produção em baixa escala O cliente está procurando por poucas peças para um protótipo? Quer presentear alguém com uma miniatura de um personagem geek? Tem um modelo virtual em 3D de um monumento e quer ele para sua escrivaninha? Pode imprimir! Não é necessário alto volume de produção para fazer valer o desenvolvimento do produto, nesse caso. A vantagem da impressão 3D é poder ter apenas uma peça, sem muitos gastos para produzi­-la.
Isso não quer dizer que se você quiser comprar uma impressora 3D para fazer capas para celular, você vai ficar rico, mas pode criar incrível distinção sobre seu produto, agregando algo impresso a ele, como a Quant…

Stratasys & Arte, através da J750 e arquiteta Zaha Hadid

Imagem
A Stratasys está demonstrando seu caso de sucesso, a impressão de uma cadeira artística, produzida pela arquiteta, designer e artista Zaha Hadid com Patrick Schumacher, em Veneza, dia 27 de março de 2016.

Desde o primeiro protótipo de 2014, o produto já rodou museus ao redor da Europa e representa o comprometimento da designer com a impressão 3D.

Para saber mais, acesse, em inglês: http://us5.campaign-archive2.com/?u=79657659901d4cc3ec5484825&id=709ac92da2&e=

3D Printed Chair with Stratasys from Zaha Hadid Architects on Vimeo.

Censo 2016: 3DX Filamentos

Imagem
A 3DX Filamentos é uma empresa focada na comercialização de filamentos para impressoras 3D, com o foco de ser uma empresa ágil, com loja no mercado livre, utilizando a rede do mercado envios, e com filamentos selecionados, que lhes garantiram uma posição com excelente avaliação do vendedor.

Quem trabalha com serviços de impressão sabe o desespero que dá receber um serviço, numa cor específica, e descobrir que o material ou acabou, ou não tem o bastante, e precisar comprar rápido, sem ter que se cadastrar, confiar formas de pagamentos e estas coisas.

Para conhecerem mais do trabalho da 3DX Filamentos, acessem: http://www.3dxfilamentos.com.br/


1) Quem é você, e sua formação? Cleber Rampazo, Administrador, com especialização em marketing e operações industriais pelo IMES-SCS, 15 anos no seguimento de consultoria empresarial e gerenciamento de projetos, sobretudo na área logística e tecnologia da informação.
2) Qual foi seu primeiro contato com impressoras 3D? Em setembro de 2014, em um post…

Smithsonian Museu libera suas obras de arte em 3D para impressão

Imagem
Se você sempre sonhou em ter um crânio de nossos antepassados, um fóssil de dinossauro ou o traje de vôo de Amelia Earhart, esta é sua chance! O conglomerado de museus de Washington (o mesmo com a exposição do Capitão América no filme 2, e também o filme 2 de Uma noite no museu) está agora disponibilizando seu acervo digitalizado e pronto para impressão 3D!

Para acessar a coleção é necessário se cadastrar, aceitar um termo de uso da impressão 3D e cada arquivo é então disponibilizado em 4 opções, duas de alta de definição, duas de médias, 2 em OBJ e 2 em STL, pronto para impressão.

O serviço é disponibilizado graças ao apoio da Autodesk. Para conferir o acervo, acesse: http://3d.si.edu/


Convite ao Censo 2016 Impressoras 3D

Imagem
No mundo existe uma agência neutra que investiga as vendas das impressoras 3D, suas aplicações, o que é novidade, o que esta saindo de moda. Esse relatório se chama Wohlers Associates, e é um relatório caríssimo, claro, a empresa vive só disso. Vender o relatório com tendências, gráficos de crescimento do mercado, são dados fundamentais para decisões embasadas e críveis das tendências de mercados.

E o nosso mercado? Ao mesmo tempo que cada empresa tem sua estratégia e sua política de sigilosidade, se não pararmos um pouco e compartilharmos um pouco, nunca teremos uma visão embasada do nosso próprio mercado. Para solucionar isso, um passo muito importante foi a criação da Associação Brasileira da Indústria de Impressoras 3D, um órgão que ainda está sendo desenhado, criado estatuto, mas também, uma iniciativa fantástica.

Para embasar essa sociedade, uma forma que encontrei de contribuir, entre dois filhos que estão por vir e o meu "day job", foi o de escrever às empresas conv…

Censo 2016 - RBFD - Rede brasileira de fabricação digital

Imagem
Continuando nosso censo de 2016 de empresas brasileiras, representantes ou fabricantes de impressoras 3D, hoje vamos conhecer a RBFD - Rede brasileira de fabricação digital, cujo CEO é Affonso Orciuoli.

A empresa, além de representar uma série de softwares, incluindo o Rhino, um dos grandes players do mercado de modelagem 3D, principalmente para peças artísticas e design de jóias, também representa as impressoras Felix Printers, um modelo elegante, que foge ao padrão RepRap.

As impressoras que a empresa representam são:


Eis o que o CEO da empresa tem a dizer para nosso censo:

1) Quem é você, e sua formação?
Affonso Orciuoli, Arquiteto, professor. CEO da RBFD. Responsável pela McNeel e FelixPrinters no Brasil

2) Qual foi seu primeiro contato com impressoras 3D?
Com uma thermojet, em 2000

3) Qual foi o gatilho para você criar sua empresa?
A empresa se dedica a venda e ensino de programas, maquinas e suprimentos para fabricação digital

4) Você tem um número de máquinas instaladas, aproximad…

Censo 2016: UP3D

Imagem
Continuando nosso Censo 2016, mais um fabricante/revendedor brasileiro nos brindou com suas informações, a UP3D, de Flávio Ulbrich, de Campinas, uma empresa já estabelecida há alguns anos, com um grande parque de máquinas instaladas e uma solução também em FFF/FDM, baseada numa empresa Chinesa, localizada em Beijin, e fundada em 2003, com a missão de fornecer soluções baratas, portáteis e fáceis de usar, para protótipos, validações funcionais e até mesmo, peças de uso final à partir de sua impressora.


O modelo flagship da marca é UP BOX, uma impressora compatível com PLA e ABS, filamento de 1,75, com precisão de 0,1 à 0,4 mm, e volume de impressão de 255x205x205 mm. Uma máquina com mesa aquecida e envelope de construção fechada.

Para conhecer mais da impressora, visite: http://www.up3d.com.br/impressoras-3d/impressora-3d-modelo-up-box/

À seguir, a entrevista com o fundador da empresa:

1) Quem é você, e sua formação?
Flavio Ulbrich - idade 41 - casado - 2 filhos
Engenheiro mecatrônico …