Censo de impressoras 3D Stratasys no país


Foi revelado no Kick-Off da Stratasys Brasil a família atual de impressoras profissionais da Stratasys. O censo concatena apenas as impressoras profissionais das linhas FDM e PolyJet e ignora as impressoras MakerBot e as impressoras de cera SolidScape, da mesma forma, não contabiliza as impressoras dentais, especializadas, lançadas nos últimos anos.

O número é bastante bom, 1050 impressoras, 26 só da LWT Sistemas, conseguidos ao longo de 3 anos de trabalho, incluindo no range da LWT máquinas como Objet260 Connex3 e algumas impressoras Fortus250mc, modelos de grande e médio porte, respectivamente.

O que é mais impressionante, porém, é o uso dessas impressoras, prioritariamente usadas no setor de conceituação e protótipo. Num país que é sumamente fabricante, mas que se dedica pouco às indústrias de criação, esse número revela um mercado ainda virgem para impressoras 3D no país. As aplicações de Inventário Digital e Manufatura Aditiva são mercados ainda pouco explorados e ao mesmo tempo, o mercado de maior potencial das impressoras (e de redução de custos na aplicação de impressoras). 

Por fim, mostrando o crescimento desse mercado, o número do censo revela ainda que não apenas a 3DSystems veio ao Brasil, com a compra da Robtec, mas a Stratasys também tem hoje não 1, não 2 representantes, mas 11! E ela própria está num escritório no país, com infraestrutura de técnicos, engenheiros de aplicação e importação e exportação. 

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Converter JPG para STL grátis

5 erros a se evitar prestando serviços de impressão 3D

Tutorial sobre G-Code - parte 1