Manutenção de equipamentos fora de linha


Para fechar a semana com os casos de sucesso em impressão 3D na chamada Manufatura Aditiva, ou nesse caso, manufatura expandida, a impressora 3D também pode ser uma salvadora na linha de produção, ao colocar máquinas operatrizes de volta ao trabalho, principalmente aquelas que já não são mais fabricadas, quando têm um defeito ou um componente falha...

Veja, com a aliança de scanner 3D grátis, e o poder dos termoplásticos das impressoras FDM, não existe botoeira, painel, centro de controle, alavanca, pisador e suporte à sensores de presença que não possam ser capturados, usando aplicativos até mesmo grátis, como o 123D da AutoDesk, para Smartphones iOS e Android, e após a captura, pode-se usar aplicativos como o Magics, da Materialise, vendidos pela LWT Sistemas no país, para a reconstrução, parametrização e alisamento das superfícies, e por fim, imprimir um objeto 3D novo, pronto, e rápido, para repor um equipamento parado!

No caso da foto aí de cima, vemos um item não produtivo, uma dobradiça de um pistal hidráulico que fadigou, e a fabricante da máquina queria pelo item espantosos 44 mil dólares, isto é, ela forneceria ao cliente, um molde usinado, já com 100 cópias das peça que falhou e depois, para falhas futuras, o cliente seria já "suficiente" para produzir a própria peça.

Veja bem, o business desse cliente não é fazer esse tipo de articulação, tão pouco ele pode esperar 4 semanas entre o desenvolvimento do molde, a importação até seu local de trabalho, injetar 100 peças e ainda ter que patrimoniar e estocar um item que nada tem haver com sua linha de produtos!

Através da impressão 3D, 100 desses mesmos itens feitos em Nylon12, numa Fortus380mc levariam apenas 3 dias para serem desenvolvidas.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Converter JPG para STL grátis

5 erros a se evitar prestando serviços de impressão 3D

Tutorial sobre G-Code - parte 1