A ferramenta certa para iniciar negócios, você!



Grande ideias começam pequenas. A MakerBot já foi uma empresa de 3 funcionários e uma ideia na cabeça, popularizar a impressão 3D. Antes de serem adquiridos pela Stratasys, e ganharem um prêmio por devolverem a inovação ao Bronks e tals, a empresa passou pelo demônio, o medo de não terem um bom produto, de não darem conta do suporte aos usuários, da concorrência chegar antes, dos processos que enfrentaram, pelo pioneirismo de apostarem em patentes que venciam, venceram, e venceriam... Para realmente conhecer a história dessa empresa, tem um excelente documentário no Netflix, chamado Printing de Legend.

Mas para não ficarmos no voyerismo do sucesso alheio, o que isso tem haver com vocês? Não se deixem abater por que existe uma empresa no setor que você está, saiba quando você vende um produto, quando você vende um meio para um produto, e aposte. 

Talvez as impressoras de baixo custo já estejam estabelecidas demais para se iniciar um mercado nelas, talvez ainda haja espaço para inovar, talvez o mercado seja o de serviços, nesse momento de incertezas, talvez seja hora de vender dispositivos e gabaritos impressos, para diminuir custos nas industrias. Não se cresce com crise, mas a verdade, é que se formos esperar o mercado, nunca daremos nosso passo próprio, hora será, "como largar um mercado num momento tão bom como esse"', hora será, "como largar meu emprego ou arriscar em algo novo num momento tão ruim como esse?". 

Seja como for, se você tiver uma ideia, corra atras dela, mas também saiba a hora de desistir. A MakerBot achou lojas próprias ajudariam a vender impressoras, e ainda se pagariam com pequenos serviços, mas na verdade, acabou competindo com os clientes que prestam serviços e atacando o mercado de seus revendedores. Saber recuar também é importante.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Converter JPG para STL grátis

5 erros a se evitar prestando serviços de impressão 3D

Tutorial sobre G-Code - parte 1