Novos materiais MakerBot - Ferro, Bronze, Mármore e Madeira





Que as impressoras 3D por filamento vão ficar como estão por algum tempo, acho que isso é ponto passivo. Existe um limite entre o quanto um termoplástico pode ser empilhado, camada por camada, de forma a manter uma boa aparência e a ficar pronto em qualquer momento mais rápido que geração espontânea.

A questão é que a velocidade de deposição não é uma limitação de hardware atual, mas sim uma dependência dos materiais existentes, existe um limite do quão rápido o cabeçote extrusor pode se mover, e manter o filamento depositado da camada impressa contínuo e perfeito, como também existe um limite entre a altura da camada, para uma peça de faces mais suaves, mas que o tempo de impressão não fique inviável.

Com vistas à isso, e sem parar de inovar, a MakerBot anunciou que para 2016 seu próximo grande passo será em novos materiais: compósitos à base de PLA que atuarão como blenda, cola, para partículas de uma carga em grãos que virão presas dentro do próprio filamento. Funciona assim: o filamento carregado de partículas de outras coisas passa pelo cabeço extrusor. Parte evapora e sublima, devido ao calor, e parte fica presa à partículas, de forma que ao secar, atuam como uma cola de sinterização por união química.

E que partículas são essas? Ferra, cobre, mármore e madeira! Isso mesmo, nossas impressoras amigas agora serão também as impressoras mais baratas do mundo, a produzir peças em metais e um das primeiras a produzir mármore! E tudo com filamento open-source, então, até mesmo você que não usa MakerBot, pode comprar com a gente o cartucho!

Para saber mais: https://store.makerbot.com/filament/composite

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Converter JPG para STL grátis

5 erros a se evitar prestando serviços de impressão 3D

Tutorial sobre G-Code - parte 1