Se aventurando no mundo 3D!

Com o crescimento do universo 3D, seja em filmes, em games, em modelos matemáticos de engenharia e design, cresce a vontade de se ambientar nesse mundo com tantas possibilidades e coisas legais que se pode fazer, incluindo imprimir tudo que você poderia imaginar, desde action figures, super carros em miniatura, modelos de barcos, bonequinhos e etc.
Então quais as possibilidades para um novo aventureiro explorar esse mundo 3D? Aqui vão algumas idéias:

SketchUp
Se você nunca nem sequer criou algo em 3D, pode começar com esta ferramenta bastante fácil de utilizar, esta foi adquirida pela Google mas depois foi vendida a Trimble, mas até então ajudou muito a popular o Google Earth com seus prédios e casas em 3D embutidos no mapa.
Baixe a versão de estudante do Sketchup Make e procure pelos milhares de tutoriais no site e no Google para aprender a utilizá-lo.

Imagem Site oficial do SketchUp

Fazer um curso em um software 3D
Opções não faltam, minha dica é, se você quer algo voltado a animações em 3D procure por softwares como Maya, 3DMax e Blender (este tem a vantagem de ser gratuito), se você está mais interessado em desenvolver produtos com design sugiro algo mais voltado ao CATIA, 3D Alias ou Rhinoceros e para aventureiros da engenharia sugiro novamente o CATIA, Solidworks ou inventor.
Claro que existem outros softwares além destes, mas é algo para se basear, os cursos podem sair em torno de 700 reais até 1500 reais aproximadamente, também depende muito de quantos módulos você irá fazer.
Blender: www.blender.org
Solidworks: www.solidworks.com

CATIA For Designers

Autodesk Alias



Revelar o artista dentro de você
Sim, esta opção é antiga, old fashion, mas continua sendo muito utilizada até hoje para diversos propósitos, incluindo industrias cinematográficas.
O que devo fazer então? Modelar, em argila (clay), em isopor, cerâmica, gesso, seja lá o que for, você pode utilizar ferramentas e criatividade para modelar objetos e bonequinhos por exemplo, utilizando de tecnologias como por exemplo o scanner da Makerbot por exemplo é possível que você crie arquivos 3D escaneando o que você modelar, e depois imprimir em uma impressora 3D, incrível, não?
Outra possibilidade é unir com a segunda dica, fazer um curso onde permite que você além de escanear seus modelos, possa modifica-los no 3D ou até criar moldes 3D.

ET sendo imortalizado por um designer no Madame Tussauds

 
Digitizer da Makerbot

Bom, agora não faltam desculpas para você se aventurar no 3D, aproveite bastante e crie muitos modelos para imprimir.



Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Converter JPG para STL grátis

5 erros a se evitar prestando serviços de impressão 3D

Tutorial sobre G-Code - parte 1