Rifle 3D, a coisa tá ficando séria!

 
Saiu na Folha de São Paulo na semana passada, onde um canadense que se apresenta como Mathew desenvolveu um rifle capaz de dar até 6 disparos, feita em impressoras 3D, mais especificamente com termoplásticos, processos utilizados tanto pelas FDM's da Stratasys quanto pelas impressoras Open-Source FOSS.

O vídeo impressiona, e eu já imagino a evolução deste tipo de tecnologia, com escapes de cartuchos mais fáceis, por que do jeito atual, parece bacamarte, mas ao invés de colocar a pólvora e chumbo a cada disparo, ele tem que limpar o cano depois de cada disparo.

A matéria lembra, e eu transmito aqui, que imprimir armas no Brasil seria o equivalente à fabricá-las, e que isso é proibido segundo o Estatuto do Desarmamento, com pena de 4 à 8 anos de prisão.

Up-date
Não sou pró armas de nenhuma forma, e não sou militante de nenhuma forma à que as pessoas utilizem armas feitas em impressoras 3D. Uma tecnologia que atualmente salva vidas, capaz de construir casas em 24 horas, imprimir órgãos, próteses, e tantos benefícios à raça humana, maiores do que armas.

Seja como for, tiraram o vídeo da internet, e eu não acho nem mesmo vídeos parecidos mais.

Comentários

  1. excelente. O governo pode até tentar proibir isso, mas como?? Vai entrar na casa de cada pessoa que tem uma impressora:??
    Muito improvável. Vai ser igual aos mp3, vão tentar de tudo para proibir, mas hoje em dia é a coisa mais fácil do mundo conseguir mp3.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Obrigado por sua participação! Ela é combustível para o Blog!

Postagens mais visitadas deste blog

Converter JPG para STL grátis

5 erros a se evitar prestando serviços de impressão 3D

Tutorial sobre G-Code - parte 1