Imprimir armas em 3D?


Como todas as tecnologias bons e maus usos surgem à cada dia para nos apoiar e/ou nos apavorar. Dizem que Santos Dumont se matou ao ver seus inventos usados para a guerra. Agora é a vez da impressora 3D receber um uso previsível, mas inusitado, Imprimir armas de fogo. Onde houver o espirito humano, haverá um espirito de porco...

Por hora, o vídeo divulgado pela Revista Samuel* alardeia para a concepção de cartuchos impressos em 3D, para armas de fogo, mas a impressão abre um precedente, quão próximo de armas reais nós estamos e o quanto isso impactará em campanhas de desarmamento ou o quanto isso irá armar populações que não queremos ver armadas, e sim, eu me refiro aos bandidos que já têm acesso suficiente à armas, por vezes, melhores que nossa polícia, mesmo com todo acesso restrito à elas?

Poderá a facilidade de nos armarmos nos levar, paradoxalmente, a uma sociedade mais segura? Os Estados Unidos têm armas, todos, todo mundo, e tirando o fato dos malucos que atiram em escolas, não se pode dizer que são uma nação temida pela violência. Se quando todos são especiais, ninguém é, se todos têm armas, ninguém tem?

Discussões à parte, não resta dúvida da resistência que as peças impressas em 3D podem atingir, com esta demonstração dos cartuchos explodindo tão próximos das peças impressas.

Referência: http://revistasamuel.uol.com.br/conteudo/view/20266/A_impressao_3d_vai_acabar_com_a_politica_de_desarmamento.shtml

Comentários

  1. Tomara que isto se torne mais popular. Poderíamos nos proteger sem depender da "benção" estatal que não conseguem nem chegar perto disso.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Obrigado por sua participação! Ela é combustível para o Blog!

Postagens mais visitadas deste blog

Converter JPG para STL grátis

5 erros a se evitar prestando serviços de impressão 3D

Tutorial sobre G-Code - parte 1