A modelagem digital tem crescido de uso exponencialmente nos últimos anos, conforme a precisão e a capacidade de cálculos e simulações dos softwares CAD 3D sobem.

No passado já era possível realizar montagens de arquivos 3D em softwares CAD, contudo, assim como no papel, os softwares também não revelavam erros, como regiões com material sobreposto, análise de interferência e simulações de impacto ou contato entre partes móveis, mas isto mudou muito nos últimos anos. Diversos softwars CAD de ponta, denominados de High Range ou High End hoje são capazes de fazer estas simulações, limitando a necessidade prototipagem rápida para um segundo estágio, como experimentação física, aprovação de pessoas leigas ao manuseio de softwares CAD ou visão de desenhos em 3D nos monitores ou ainda, a realização de lotes pilotos ou peças para fundição ou moldes de silicone, onde o protótipo faz o papel de molde perdido.

Diversos formatos de arquivo são feitos hoje para distribuição pela internet do arquivo 3D, como o 3DXML, utilizando como sugere sua própria extensão, um formato de dados WEB aberto.

Este modelo, por exemplo, foi por mim desenvolvido no software CATIA V5 e salvo neste formato aberto para divugalção, que permite até mesmo movimentá-lo e aplicar zoom, colocar ou retirar textura e coloração, o chamado render, mesmo num arquivo de Word, PowerPoint ou PDF, desde que tenha em sua máquina o Player do 3DVia XML instalado. 

Você pode fazer download do player no site da desenvolvedora do Software: http://www.3ds.com/products/3dvia/3d-xml/1/ e deste modelo, tanto em 3DXML ou em STL diretamente, neste endereço, em meu DropBox: 


Para conhecer as vantágens e a forma de uso do Digital Mock-up ou Protótipo Virtual, busque na desenvolvedora do software CAD que utilize por cursos específicos.